sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Amante Bandido

Fotografia: Adelino Oliveira

Tranquilamente afasto o trilho das nuvens.
O dia escalda cruelmente,
com seus raios dourados,
os restos dos campos que nos separam.

Te sinto que para lá dos montes,
através das correntes dos meus regatos,
que correm serenamente para o teu oceano,
onde existe o meu mistério.
Te sinto para lá dos horizontes,
através dos suaves ventos dos vales.

Queria ser como um cigano errante.
Desvendar-te no rasto dos caminhos sem tempo,
um aventureiro sem casa,
um cavaleiro à solta,
um barco sem amarras à deriva nos abismos,
uma gaivota perdida na rota dos mundos.

Cruzar as fronteiras num cavalo veloz,
em silêncio sem levantar a voz.
Partir à desfilada pelos limites,
entre as silhuetas longas das cordilheiras,
entre o céu aberto e a Lua Cheia.
almejando sempre um amor traiçoeiro.

Cair trespassado sobre o luar de Agosto,
como um amante bandido,
como um impulsivo bandoleiro.

 Texto: Victor Gil

9 comentários:

Andradarte disse...

Maravilha de Poema.....Nota-se que encerra uma grande mensagem.....
Bonita a foto do Douro.........
Abraço

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Mais uma vez, uma surpresa de conjugação de palavras.
Parabéns amigo Victor! parabéns também ao Adelino pela bonita foto!
Abraço

RosanAzul disse...

Olá meu querido GIl! Mais uma bela composição! Parabéns aos dois! Teu poema está lindo como sempre e a foto está muito bonita!

Então meu querido, querias ser um bandoleiro é??

"...Mas és um homem
apenas um homem,
um fado triste, um canto, um lamento...
...És apenas um homem
Querendo mudar
Os traços do destino
Em passos camuflados
teu sentir,
branco véu,
Misturado ao nevoeiro
O teu sorriso
Preso, enraizado
Pedra sobre pedra
Nos alicerces de teu castelo
De onde não posso tirá-lo..."

Um beijo com meu carinho de sempre!
Rosana

Gaspar de Jesus disse...

"UMA GAIVOTA PERDIDA NA ROTA DOS MUNDOS"
Parabéns VICTOR
Maravilhosa fotografia do nosso Douro Superior.
Abç
G.J.

Princesa do Mar disse...

Muito lindo este poema!

rouxinol de Bernardim disse...

Casamento perfeito: a poesia e a fotografia.
Excelencia!

elisa...lichazul disse...

precioso poema Pedro
Felicitaciones!!!


abrazo grande y pasa un genial Lunes

elisa...lichazul disse...

muchas gracias por la huella
abrazos y energías desde Chile

armalu,blogspot.com disse...

Este poema é lindo, e deve encerar um grande mensagem. Feliz musa inspiradora.